Bolsas de criptografia híbridas: Preenchendo a lacuna entre as plataformas centralizadas (CEX) e descentralizadas (DEX)

Partilhar:

Explicação da bolsa de criptomoedas híbrida

Índice

À medida que a paisagem criptográfica evolui, as trocas criptográficas híbridas estão a emergir como os pioneiros. Porque é que esta transformação está a acontecer?

O mundo das criptomoedas está em constante evolução e, com ele, vem a necessidade de plataformas de negociação seguras e eficientes. As bolsas de criptomoedas híbridas são uma mistura das melhores características dos modelos centralizados e descentralizados. Mas o que as torna a escolha certa para os traders modernos? Vamos começar do início 👇

O que são bolsas de criptomoedas?

Uma bolsa de criptomoedas, ou uma bolsa de moeda digital, é uma empresa que permite aos clientes trocarem criptomoedas ou moedas digitais por outros activos, como moeda fiduciária convencional ou outras moedas digitais.

As bolsas de criptomoedas são mais do que simples plataformas de negociação de moedas digitais. São o coração do ecossistema das criptomoedas, ditando o ritmo, a liquidez e o valor das diferentes criptomoedas.

Tipos de trocas de criptografia: Um mergulho profundo

Bolsas de criptografia centralizadas (CEX): O que é uma bolsa centralizada?

As bolsas centralizadas, como a Binance e a Coinbase, são geridas por entidades únicas. São conhecidas pelas suas interfaces fáceis de utilizar, carteiras de custódia e quadros regulamentares abrangentes.

Uma bolsa centralizada funciona de forma semelhante a um mercado de acções convencional. Servindo como intermediárias, elas juntam compradores e vendedores e são normalmente vistas como mais seguras e confiáveis do que as bolsas descentralizadas. Esta confiança é evidente, uma vez que as bolsas centralizadas dominam o mercado, gerindo 95% de todas as transacções.

Características dos intercâmbios centralizados

Algumas das características das bolsas centralizadas são:

Interface de utilizador móvel conveniente

Oferecem uma interface móvel de fácil utilização para uma negociação sem problemas em movimento. Isto garante que os comerciantes podem aceder às suas contas e executar transacções em qualquer altura e em qualquer lugar, aumentando a flexibilidade.

Carteira de custódia

Uma carteira de custódia é definida como uma carteira em que as chaves privadas são detidas por um terceiro. Isto significa que o terceiro tem controlo total sobre os seus fundos, enquanto o utilizador apenas tem de dar autorização para enviar ou receber pagamentos.

Fornecem carteiras de custódia, assegurando que os activos dos utilizadores são geridos e armazenados de forma segura. Isto oferece paz de espírito aos utilizadores, sabendo que os seus fundos estão em boas mãos.

Livro de encomendas

Com um sistema de livro de ordens implementado, os utilizadores podem ver as ordens de compra e venda em tempo real. Esta caraterística aumenta a transparência na negociação, permitindo aos utilizadores tomar decisões informadas com base na procura do mercado.

Características bancárias

Incorporam características bancárias como rampas de entrada/saída, pagamento com cartões e cartões de crédito criptográficos. Isto facilita as transacções fiat-to-crypto, colmatando a lacuna entre a banca tradicional e o mundo cripto.

Características de conveniência aumentadas

Os recursos de conveniência aprimorados, incluindo suporte ao cliente e recuperação de ativos, são parte integrante das trocas centralizadas. Estas características elevam a experiência do utilizador, assegurando que os utilizadores têm o apoio de que precisam quando precisam.

Ampla acessibilidade

As plataformas das bolsas centralizadas são concebidas para uma ampla acessibilidade. Seja na web, no telemóvel ou em extensões de browser, os utilizadores podem aceder facilmente às suas contas e negociar em vários dispositivos.

Quadro regulamentar

A adesão a uma estrutura regulatória que abrange KYC, AML, GDPR, auditoria financeira e seguro de fundos é uma marca registrada das trocas centralizadas. As trocas de criptografia regulamentadas precisam cumprir as leis e manter a transparência em suas operações financeiras. Isso contribui para a estabilidade da organização e a segurança de ativos e dados individuais.

Mais rápido e mais barato do que o DEX

Quando se trata de velocidade e custo, as bolsas centralizadas têm uma vantagem. As transacções são rápidas e de baixo custo, uma vez que não necessitam de utilizar a cadeia de blocos e diferentes redes, podem efetuar transacções em lote e produzir transacções mais rentáveis.

No entanto, você sabia que eles controlam as chaves privadas dos ativos que você deposita? Quando olhamos para as trocas centralizadas vs. trocas descentralizadas, este é um certo retrocesso para as trocas centralizadas e um profissional crucial para as trocas descentralizadas.

Bolsas descentralizadas (DEX): O que é uma bolsa descentralizada?

Uma bolsa de criptomoedas descentralizada, conhecida como DEX, contrasta com sua contraparte centralizada. Ela opera sem uma empresa, entidade ou indivíduo que a governe. As transacções numa DEX são directas entre pares, sem intermediários e geridas de forma autónoma por algoritmos denominados contratos inteligentes.

Plataformas como a Uniswap funcionam sem uma autoridade central. Dão prioridade à segurança, permitindo o comércio entre pares e garantindo que os utilizadores mantêm o controlo das suas chaves privadas. Mas, embora ofereçam uma segurança inigualável, podem por vezes ser menos intuitivas para os novos utilizadores.

As DEX funcionam com base na tecnologia blockchain e exigem que os utilizadores tenham carteiras de criptomoedas para armazenar os seus tokens. Antes de executar uma transação, estas carteiras devem estar ligadas à bolsa. Por outro lado, as bolsas centralizadas actuam de forma semelhante aos bancos, retendo os seus activos e garantindo a sua segurança.

As características das bolsas descentralizadas

Vejamos algumas das características das bolsas descentralizadas:

Carteira sem custódia

Dão prioridade à autonomia do utilizador, oferecendo carteiras de autocustódia uma vez que nenhum terceiro tem acesso às chaves. Isto garante que os utilizadores têm controlo total sobre as suas chaves e bens privados, realçando a propriedade e segurança totais.

Criador de mercado automatizado (AMM)

Recorrem frequentemente a criadores de mercado automatizados (AMM) para assegurar a liquidez. Este sistema facilita a negociação direta entre pares, eliminando a necessidade de intermediários e aumentando a eficiência das transacções.

Negociação anónima

Uma das características de destaque das trocas descentralizadas é que não há necessidade de regulamentos que exijam KYC e identidade revelando quem é o dono da carteira.

Nenhum regulamento

Operando fora do domínio da supervisão financeira tradicional, as trocas descentralizadas não estão vinculadas a regulamentos padrão. Isto oferece um nível de liberdade, mas também exige que os utilizadores sejam cautelosos e tenham a devida diligência.

Descentralizado e sem suporte para os utilizadores

A natureza descentralizada dessas trocas significa que elas operam sem um órgão central de governo. Consequentemente, não dispõem normalmente de um apoio ao cliente centralizado, colocando o ónus nos utilizadores para navegarem e resolverem os problemas de forma independente.

Sem rampa de acesso Fiat

As trocas descentralizadas são principalmente focadas em criptografia, o que significa que muitas vezes não facilitam depósitos ou retiradas diretas de moeda fiduciária. Isso pode limitar sua acessibilidade para aqueles que procuram fazer a transição entre moedas tradicionais e criptomoedas.

Bolsas de criptografia híbridas (HEX): O que é uma bolsa híbrida?

As bolsas híbridas combinam características de ambas as CEX e DEX plataformas.

Oferecem aos utilizadores autonomia sobre os seus activos, semelhante às bolsas descentralizadas, ao mesmo tempo que procuram a velocidade e a facilidade de utilização características das centralizadas. Além disso, são criadas para aumentar a escalabilidade e reduzir os custos de transação.

As plataformas híbridas empregam um mecanismo de garantia para salvaguardar os activos durante as transacções, espelhando a abordagem de liquidez das bolsas centralizadas. Isto elimina a necessidade de liquidez orientada para o utilizador, típica das bolsas descentralizadas, garantindo transacções mais rápidas e evitando as elevadas taxas de derrapagem que as DEX enfrentam durante os baixos volumes de negociação.

Aproveitando a tecnologia blockchain, as trocas híbridas, dada sua vantagem sobre as plataformas descentralizadas convencionais, estão prontas para influenciar significativamente o domínio da criptomoeda nos próximos anos.

Tipos de bolsas híbridas

Os tipos de bolsas híbridas incluem as DEX com livro de ordens, os criadores de mercado automatizados (AMM) e as DAgregadores EX.

Carteira de encomendas DEXes

As DEX com livro de ordens em bolsas híbridas utilizam um sistema em que as ordens de compra e venda são listadas em tempo real, permitindo que os negociadores correspondam diretamente às ofertas disponíveis, garantindo transparência e profundidade na negociação. Esta abordagem reflecte as plataformas de negociação tradicionais, mas funciona num ambiente descentralizado.

Criadores de mercado automatizados (AMMs)

Os criadores de mercado automatizados (AMMs) em configurações híbridas definem e ajustam automaticamente os preços das criptomoedas com base em fórmulas matemáticas, eliminando a necessidade de livros de ordens. Isto garante uma liquidez constante e permite aos utilizadores negociar sem esperar por uma contraparte.

Agregadores DEX

Os agregadores DEX funcionam através do fornecimento de liquidez a partir de várias bolsas descentralizadas, optimizando as transacções para os utilizadores. Ao analisar várias plataformas, eles garantem que os comerciantes obtenham as melhores taxas possíveis e reduzem a derrapagem frequentemente associada à negociação descentralizada.

Características das bolsas de criptografia híbridas

As características das trocas de criptografia híbridas incluem:

Interface conveniente

As trocas de criptomoedas híbridas dão prioridade à experiência do utilizador, oferecendo uma interface de fácil utilização. Esta abordagem de design garante que tanto os comerciantes novatos como os experientes possam navegar e executar transacções com facilidade.

Carteira de autocustódia

Tal como as DEXes, dão prioridade à autonomia do utilizador, oferecendo carteiras sem custódia, uma vez que nenhum terceiro tem acesso às chaves. Isto garante que os utilizadores têm controlo total sobre as suas chaves privadas e activos, enfatizando a propriedade e segurança totais.

A segurança é primordial nas bolsas híbridas, e estas sublinham este facto fornecendo carteiras de custódia. Esta caraterística garante que os activos dos utilizadores são armazenados de forma segura, oferecendo tranquilidade no processo de negociação.

Negociação DEX

Uma das características de destaque das plataformas híbridas é o seu suporte para métodos de negociação DEX. Quer se trate de livros de ordens, criadores de mercado automatizados (AMMs) ou agregação de liquidez, as bolsas híbridas integram estas características para oferecer uma experiência de negociação abrangente.

Regulamento

As bolsas híbridas reconhecem a importância da confiança e da segurança. Para tal, aderem a normas regulamentares específicas, estabelecendo um equilíbrio entre a oferta de autonomia ao utilizador e a garantia de conformidade com as normas financeiras estabelecidas.

Características bancárias

Fazendo a ponte entre os mundos financeiros tradicional e criptográfico, as trocas híbridas incorporam recursos bancários essenciais. Com ferramentas como a on-ramp, simplificam o processo de transações fiat-to-crypto, facilitando a transição dos utilizadores entre diferentes sistemas financeiros.

Todos os tipos de trocas têm os seus prós e contras, como tudo na vida! No entanto, CEXes e DEXes têm algumas limitações em comparação com HEXes.

Limitações do CEX e do DEX: Porque é que o HEX é o futuro

Embora as plataformas CEX sejam fáceis de utilizar, comprometem frequentemente a segurança. As DEX, por outro lado, dão prioridade à segurança, mas podem ser menos intuitivas.

As plataformas HEX preenchem essas lacunas, oferecendo uma combinação perfeita de segurança, conveniência e liquidez. Com características como um maior controlo do utilizador, medidas de segurança robustas e uma vasta gama de opções de negociação, as plataformas HEX estão preparadas para dominar o panorama da negociação de criptomoedas.

Análise comparativa: CEX vs. DEX vs. HEX

Experiência do utilizador e conveniência: As plataformas HEX oferecem uma experiência intuitiva e de fácil utilização, incluindo apoio ao cliente, sem comprometer a segurança.

Controlo de activos e negociação descentralizada: Ao contrário das plataformas CEX onde os activos são depositados, a HEX assegura que os utilizadores mantêm o controlo das suas chaves privadas, tal como as DEXs.

Eficiência: As plataformas HEX combinam a velocidade das plataformas CEX com a segurança das DEXs, oferecendo uma negociação eficiente e segura.

Características bancárias: O HEX inclui fiat on ramp e off ramp, sendo regulado e compatível com a maioria das instituições financeiras.

Segue-se uma comparação geral dos três tipos de bolsa:

Vantagens

Bolsas de criptografia centralizadas
  1. Suporta moedas fiduciárias e digitais.
  2. Mais fácil de utilizar e mais estável do que o DEX.
  3. O apoio ao cliente está disponível.
  4. Normalmente, têm taxas de transação mais baratas.
Bolsas de criptografia descentralizadas
  1. Não regulamentado, o que significa mais liberdade.
  2. Não são necessárias verificações de identidade, o que permite a negociação anónima.
  3. Menos suscetível à manipulação do mercado
  4. Mais seguro.
Hybrid Crypto Exchanges
  1. Supports fiat & digital currencies.
  2. More user-friendly than DEX.
  3. Better scalability than DEX, meaning fast processing even when large volumes of transactions take place.
  4. Less regulation than CEX.
  5. Security is enhanced by private ownership of the assets.
  6. More liquidity compared to DEX

Disadvantages

Bolsas de criptografia centralizadas
  1. Custodial wallet, meaning assets do not belong to the users.
  2. No or few transparency of what is going on financially with the exchange or your assets.
  3. The size & nature of CEX makes it an easier target for hackers.
  4. Regulated by authorities and obliged to show any financial document when requested.
Bolsas de criptografia descentralizadas
  1. Harder to get onboarded without prior knowledge about crypto.
  2. Do not support fiat transactions.
  3. Little to no support for users.
  4. Higher trading price compared to CEX
Hybrid Crypto Exchanges
  1. Less privacy than DEX

Monitok: Leading the HEX Revolution

Monitok is a next-generation hybrid crypto exchange (HEX) that seamlessly integrates the advantages of both centralized and decentralized trading platforms. Offering a highly intuitive mobile app, Monitok ensures users have absolute control over their crypto assets, emphasizing full ownership and transparency. Monitok has no access to private keys and private keys/mnemonics are not leaving the app. Users have the option to store their private key on a piece of paper, or they can choose to store an encrypted version of the private key on their digital device or in the cloud for easier recovery.

The platform a mixture of features such as a built-in decentralized carteira, encrypted private key recovery, two-step verification, and biometric sign-in. Traders can access over 100+ crypto tokens across 98 DEXes on the Arbitrum network, ensuring they always get the best rates with minimal fees.

Additionally, Monitok provides staking opportunities with attractive returns, peer-to-peer transfers, fiat on/off ramps, and a crypto debit card. With its commitment to combining flexibility, reliability, and user-centric features, Monitok is poised to set new standards in the crypto trading landscape.

Monitok is built with the future of hybrid trading in mind, because we believe that hybrid exchanges is the “next big thing” in crypto trading. Why? 👇

The Ripple Effect of HEX on Crypto

Hybrid exchanges are more than just platforms; they’re game-changers. They’re influencing trading strategies, liquidity management, and even the future evolution of crypto exchanges. As we look ahead, the importance and potential of HEX platforms in shaping the crypto world cannot be overstated.

With enhanced HEX liquidity solutions such as security, banking features, liquidity, regulations and user experience & convenience, they ensure optimal trading rates and swift transactions, making them appealing to a broad spectrum of traders.

Hybrid crypto exchanges are not just a trend; they’re the future. As the crypto world continues to evolve, these platforms are perfectly poised to lead the charge, offering traders the perfect blend of security and convenience.

Ready to dive into the world of HEX? Join us on our journey 👇

– Siga-nos no Twitter (X)

– Junte-se à nossa comunidade Discord

– Manter-se atualizado no Telegram

– Siga-nos no Linkedin

Frequently Asked Questions

Centralized Exchanges (CEX): These are managed by centralized organizations or companies. They act as intermediaries between buyers and sellers, offering a platform for trading cryptocurrencies. Examples include Binance, Coinbase, and Kraken.

Decentralized Exchanges (DEX): These operate without a central authority and facilitate peer-to-peer trading directly between users. They rely on smart contracts and blockchain technology to automate and secure transactions. Examples include Uniswap, SushiSwap, and PancakeSwap.

Hybrid Exchanges (HEX): These combine features from both centralized and decentralized models. They aim to offer the security and user control of DEXs while providing the speed, liquidity, and user-friendly interface of CEXs.

A HEX blends the strengths of both CEX and DEX. Compared to centralized vs. decentralized exchanges, a HEX offers the user-friendliness and speed of a CEX while retaining the security and autonomy of a DEX. In decentralized vs hybrid exchanges, HEX provides enhanced liquidity and efficiency without sacrificing user control. And in centralized vs hybrid exchanges, while both offer a streamlined experience, HEX ensures greater user asset control and decentralized features.

Here are some examples of different types of crypto exchanges:
CEX: Binance, Coinbase, Kraken
DEX: Uniswap, SushiSwap, PancakeSwap
HEX: Monitok, GRVT, C3

Using a HEX offers the user-friendliness of CEX combined with the security of DEX. HEX ensures optimal trading rates, faster transactions, and greater user autonomy while often adhering to regulatory standards, making it a balanced choice for crypto trading.

They offer the convenience of CEX platforms and the security of DEX platforms, making them the ideal choice for modern traders.

Through features like self-custody, two-factor authentication, cold storage, compliance to regulations and regular security audits.

A maioria das plataformas HEX suporta uma vasta gama de criptomoedas, oferecendo aos comerciantes uma imensa flexibilidade.

Sobre o autor

Índice

Publicações relacionadas
Discover April project highlights from Monitok including new website, team member and discord channel updates
Saiba tudo o que precisa de saber sobre as rampas de entrada e saída da Fiat. A funcionalidade que lhe permite comprar criptomoedas com as moedas tradicionais da FIAT
Leia como a Monitok se expandiu para o Android utilizando o Flutter, melhorando a eficiência e o alcance dos utilizadores, bem como os próximos passos da aplicação e do seu desenvolvimento.